Jovem Pan: Duda Amorim, lenda do handebol, anuncia aposentadoria da seleção brasileira aos 35 anos

Eduarda Amorim, mais conhecida como Duda, usou sua conta pessoal do Instagram, na manhã desta segunda-feira, 25, para informar sua aposentadoria da seleção brasileira de handebol. Campeã mundial com o Brasil em 2013, sendo eleita a melhor jogadora da competição, a atleta de 35 anos afirmou que já estava pensando sobre o tema antes mesmo da disputa das Olimpíadas de Tóquio-2020, competição em que a equipe nacional parou na fase de grupos. “Oficialmente, venho trazer a notícia da minha aposentadoria na Seleção Brasileira. Já antes da pandemia, havia pensado em parar após as Olímpiadas de Tóquio. Agora posso dizer, com paz no coração, essa minha decisão. Orgulhosa e com sensação de dever cumprido de ter vestido a camiseta do meu país por tantos anos, sempre dando o meu máximo e aprendendo muito. Me sinto muito honrada por ter representado o Brasil em todas as oportunidades que me foram dadas!”, anunciou.

Lenda do handebol, a armadora ganhou o prêmio de melhor do mundo de 2014 e foi escolhida a principal jogadora do mundo da década (2011/2020), em eleição promovida pelo site “Handball Planet”, um dos mais importantes na modalidade. Defendendo a seleção brasileira desde 2006, a catarinense venceu o Mundial (2014) e foi tetra do Pan-Americano (2007, 2011, 2015 e 2019). “Foi uma prazer jogar com várias gerações diferentes, trabalhar com profissionais excepcionais e superar tantos desafios! Gostaria de agradecer imensamente a todos que me ajudaram, a todos que torceram muito pela seleção esses anos todos. Às comissões técnicas, às atletas que já dividiram esse espaço comigo e aos brasileiros que gostam de handebol e consomem essa modalidade de uma maneira apaixonante. Me considero privilegiada de ter dividido tantos momentos gratificantes com todos vocês! Continuo com novos planos, torcendo sempre de longe e a disposição de continuar ajudando o handebol brasileiro!”, agradeceu Duda Amorim, que atualmente defende o Rostov-Don, da Rússia.

Conteúdo Jovem Pan News – Leia mais no link Read More