MEI também deve entregar a DIRF 2020; prazo é 28/02

MEI também deve entregar a DIRF 2020; prazo é 28/02

Muitos contabilistas e empresários não sabem mas a verdade é que o MEI – Microempreendedor Individual – também deve entregar a DIRF 2020.

A obrigatoriedade é para os casos em que o MEI ultrapassou R$ 60.000,00 em faturamento e que tenha efetuado operações com cartão de crédito, na qual há a retenção de IR na fonte por conta das operações com cartão de crédito.

O Parágrafo Único do art. 15 da IN 1915/19 declara: “O Microempreendedor Individual (MEI), de que trata a Lei Complementar nº 123, de 2006, que tenha efetuado pagamentos sujeitos ao IRRF exclusivamente em decorrência do disposto na alínea “f” do inciso I do caput ficará dispensado de apresentar a Dirf 2020 caso sua receita bruta no ano-calendário anterior não tenha excedido R$ 60.000,00 (sessenta mil reais).”

Caso o MEI também tenha empregado e esse empregado tenha recebido acima de R$ 28.559,70, também deve entregar, uma vez que houve retenção de IR.

ATENÇÃO: Evite erros e multas na entrega da DIRF 2020.

Evite erros e multas na reta final da DIRF 2020. O prazo é dia 28/02. Conheça a plataforma CONTÁBIL PLAY e tenha acesso ao treinamento DIRF 2020 completo. Acesse aqui agora.

Hans Misfeldt

Jornalista, acompanha o mundo da televisão brasileira desde 2008, quando criou o Tutube. Já entrevistou grandes nomes da música e da televisão para o seu próprio canal Tutube (https://www.youtube.com/programatutube).