Zorra Total sairá do ar e público comemora

Finalmente a Rede Globo de Televisão tomou uma das decisões mais sábias de sua história: após 15 anos no ar, o programa Zorra Total será extinto. A tendência é o que programa Altas Horas assuma o horário da atração a partir de março, quando entrará no ar a programação 2015 da emissora.

A notícia repercutiu positivamente entre o público, principalmente nas redes sociais: “Até que enfim vão tirar essa porcaria do ar”; “Muito boa notícia! Que maravilha. Prefiro assistir Pica Pau”; “Menos um lixo na TV”; “Já dá pra fazer festa? Uhuuuuuuuuuu! Até que enfim!”; “Nossa até que demorou pra verem que esse programinha era muito chato e sem graça”.

Depois da morte de mestres que faziam parte da atração, como Nair Bello, Rogério Cardoso e Chico Anysio, o programa nunca mais foi o mesmo. Diversos quadros foram criados mas se tornaram repetitivos, cansativos e sem graça alguma. A Globo bem que tentou, durantes estes 15 anos, reformular o Zorra Total, que vinha perdendo audiência frequentemente.

Janete (Talitha Carauta) e Valéria (Rodrigo Santanna) em cena do Zorra Total (Divulgação/Globo/Blenda Gomes)
Janete (Talitha Carauta) e Valéria (Rodrigo Santanna) em cena do Zorra Total (Divulgação/Globo/Blenda Gomes)

Para o colunista Fernando Oliveira, que assina o blog Mundo da TV no R7, a ideia é outra: reformular (mais uma vez) a atração, excluindo bordões e personagens fixos por sitcom (comédia de situação), como é o caso do Tá No Ar – a TV na TV. Apesar dos baixos índices no Ibope, o Zorra Total tem vendido bem suas cotas comerciais.

Mudança é antiga

Em agosto deste ano, o jornalista Flavio Ricco publicou, no UOL, que o fim do Zorra Total era certo, e que a Globo já prepara outro humorístico para ser apresentado no mesmo dia e horário, com um formato completamente diferente do atual. Segundo a coluna, a reformulação está sendo comandada por Maurício Farias e Marcius Melhem, que assumiram a elaboração do novo projeto em julho, com o afastamento do Maurício Sherman. Em julho, a Globo anunciou que não haverá cortes no “Zorra Total”.

Estreia do Zorra Total reuniu Renato Aragão, Daniele Winits e Marília Pêra

O programa Zorra Total, criado em 1999, reuniu ao longo dos seus 15 anos diversos atores e comediantes de diferentes gerações e estilos, firmando-se como vitrine de novos talentos do humor. Na estreia, DIDI MOCÓ, interpretado por Renato Aragão, era uma das atrações principais. OFÉLIA (Claudia Rodrigues) e FERNANDINHO (Lúcio Mauro) também foram personagens resgatados de outras produções e reeditados pelo Zorra Total.

ELIZABETH, interpretada por Marília Pêra, era uma rainha lunática, personagem de quadro pintado a óleo, que satirizava a situação política e econômica do Brasil comparando o país à corte do século XVI. Daniele Winits, Paula Burlamaqui e Cláudia Lyra eram AS TRÊS MARIAS, amigas solteiras que dividiam um apartamento e disputavam com unhas e dentes os homens que conheciam.

Redação

Tutube® foi fundado em 2008 pelo jornalista Hans Misfeldt. O site segue até hoje cobrindo o mundo da televisão, em especial Record e SBT. Acompanhe as notícias da TV no site Tutube® e o resumo das novelas. "Tutube", bem como sua logo, é uma marca registrada ® em nome de BMX3 COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA. Todos os direitos reservados.